roseira_cidMunicípio de Roseira

O povoado que deu origem ao município de Roseira surgiu por volta de 1750, na margem do caminho real que ligava São Paulo ao Rio de Janeiro.

No período entre 1770 e 1840, a região foi ocupada por grandes engenhos de cana-de-açúcar e mais tarde, com a introdução da cultura do café, tornou-se importante produtora. Com o declínio dessa atividade, os proprietários rurais dedicaram-se à pecuária leiteira e à cultura do arroz.

Em 1877, quando foi inaugurada a Estrada de Ferro D. Pedro II e construída a Estação de Roseira, o povoado foi transferido para o local atual.

Em 30 de novembro de 1944, foi criado o distrito no município de Aparecida e, somente em 18 de fevereiro de 1959, foi elevada a município.

DSC00635Origem e significado do nome:

Nome do município deriva do bairro da Roseira, localizado à margem do Caminho Real que ligava São Paulo ao Rio de Janeiro, no século XVIII, em área anteriormente pertencente ao município de Guaratinguetá.

Origem: Segundo a tradição oral, o nome Roseira se originou das rosas silvestres (Cor branca brava e a rosinha trepadeira denominada “mariquinhas”) existentes à margem do caminho, onde se localiza atualmente o bairro de Roseira Velha.

Rosas no Caminho Real: Professor Francisco de Paula Santos, de tradicional família roseirense, em manuscrito existente na Biblioteca do Museu dos Ciclos Sócios Econômicos do Vale do Paraíba, afirma que as rosas silvestres e a rosinha trepadeira cobriam as cercas e as divisas das propriedades ao longo do Caminho Real, mais tarde, Caminho do Imperador.